quarta-feira, 11 de maio de 2011

Tenho um pijama amarelo-ovo-corta-tesão cheio de coelhos e cenouras que é duas vezes maior do que eu e ta furado no meio das pernas, mas quero ficar com você. Tenho um outro roxo cheio de melancias e florzinhas e princesas e varinhas mágicas roxo, mas quero ficar com você. Confesso (e simplifico): tenho uma tara por pijamas com motivos mongolóides pra minha idade, tudo bem, não são só pijamas: meias também. Pensando bem, algumas calcinhas têm bonecas, desenhos, bolinhas, bichinhos e outras esquisitices do tipo agudo e crônico. Mas quero ficar com você.
Acho mania uma coisa chata e eu tenho um monte delas. Arrumo toda a louça antes de lavar e odeio quando algum engraçadinho começa a colocar prato na minha pia, não foi nessa vida que nasci com cara de escrava. Lerê-lerê. Lavo a louça ouvindo Maria Gadú e tentando imitar a voz dela. Pego garfo e faço de microfone, passo esponja no copo fazendo coreografia. Tenho nojo de pasta de dente seca na pia do banheiro. Falando em banheiro, quem foi que disse que é pra molhar o tapetinho? Serve pra bonito mesmo, não pra ser pisoteado, molhado, não, não, pobre tapetinho! Lago é em outro lugar, pise no tapete depois de enxugar o corpinho, por obséquio. Manta de sofá: sentou, bagunçou, levantou, ajeitou. A ordem é exatamente essa. Esticadinha, por gentileza. Cabelo no ralo nem pensar, não suporto, me embrulha os olhos.  Eu surto. Simples desse jeito. Em alguns dias estou dengosa, cheia de amor e gestos tolos de apaixonados tolos e em outros estou comprando, vendendo e distribuindo brigas infantis. Tenho uma tendência desgraçadinha a falar e não dizer. Falo e falo e não digo, não digo. Tenho celulite assumida. Tenho tpm assumida. Tenho mau-humor assumido e avisado. 
Sou montanha-russa, caos, tormenta, confusão. Preciso dizer, não mando recado. Preciso de esconderijo, eu sou uma vilã comigo mesma. Sou um sonho bom. Sou o que eu sei e o que eu ainda nem descobri muito bem. Mas eu sou inteira e completa. Sei perdoar e ainda não aprendi a fugir. 
Sou assim, complexa demais, só não se esqueça que, EU QUERO FICAR COM VOCÊ! 

20 comentários:

Caroline disse...

Cara, que texto lindo!

Herick disse...

EU QUERO FICAR COM VOCÊ!
de qualquer jeito,forma e pessoa q vc seja
(L)

Dave disse...

No final é a certeza do querer que sempre fala mais alto.

Beijo!

Martinha disse...

Algumas dessas coisas também me dão à volta à cabeça. Refiro-me, pois, à pasta de dentes seca na pia e cabelos no ralo.
Sabes uma coisa? Também me vejo assim demasiado complexa, mas acho que se fosse uma pessoa simples, não tinha graça nenhuma! :P

Carol Fernandes disse...

Tuas palavras me encantam, definitivamente!

Sam. disse...

ainda que nos percamos nas nossas mil e uma faces, é precisar lembrar sempre o propósito!
EU QUERO FICAR COM VC!
há que se querer, dizer e fazer acontecer!

Um beijo Babi!!!

Estrelinha* disse...

Nossa! Que perfeito isso!
Eu amei.
Beijos.

нєllєи Cαяoliиє disse...

Báaaa,ao começar a ler teu texto imaginei que o tema seria totalmente o oposto do fim,mas elaborou de forma tão delicada para assumir aos quatro cantos 'EU QUERO FICAR COM VOCÊ! tão bom quando nada nos impede de assumir isso né? :)
Gostei muuuito,Lindona!
Beijo

Bianka disse...

baaaabi, eu acho que somos gemias separadas hahahahaha tantas manias vistas por outros como "besteira, para que arrumar a louça se você vai lavar?" hahahahah adorei e sim, sempre queremos estar com eles não é ;]

Carolyne Mota disse...

Que lindo, Barbara! *-*

E mesmo com tantas manias, o que nós sempre queremos é estar perto de quem a gente ama.
Me identifiquei demais com teu texto. hehe =)

Andressa disse...

Na realidade não vai importar como somos se o realmente queremos uma coisa.

Gabriela Freitas disse...

"Sou montanha-russa, caos, tormenta, confusão. Preciso dizer, não mando recado" sou assim também
sumi por uns dias, problemas pessoais, nada demais rs. mas ja voltei e a nova parte do conto está lá.
vou dar uma olhada nos textos que perdi daqui viu?! (: fique com Deus.

marianapereira disse...

está muito lindo, eu adorei!
concordo contigo (:

Juhlihannah disse...

Amei o post! Muito legal mesmo! Bjo :*

Guilherme Fraga disse...

Adorei o texto.
rir e me surpreende.
Parabéns

'Lara Mello disse...

Cada dia que passa seus textos fincam melhores! Amei o texto, e me vi muito parecida contigo! Rs

Tarsila Aroucha disse...

eu me vi em quase tudo que tu fala, que facilidade de dizer tantas coisas e em tao pouco né? coisa bousa, passo a frequentar aqui hoje e sempre! bjokas

Suzi Lima disse...

quem ama, nos aceita. mesmo com defeitos.

Cristiane Melo disse...

ahahaha, que massa! lembrei de um post meu que se chama pijama de coelhos: http://portaldeideia.blogspot.com/2010/04/pijama-de-coelhos.html
gostei do blog!
boa semana Bárbara! :)
seguindo!

Jeniffer Yara disse...

Ahh tirando o gosto dos pijamas,e as preferências na cozinha,eu sou assim mesmo *-* haha'
E essa frase me definiu:"Em alguns dias estou dengosa, cheia de amor e gestos tolos de apaixonados tolos e em outros estou comprando, vendendo e distribuindo brigas infantis"

Amei \o/
Beijo