terça-feira, 10 de maio de 2011

Ninguém disse que amar é fácil. Relacionamentos são complicados mesmo. Exigem esforço, dedicação, cumplicidade, paciência, amizade, mais dedicação, mais paciência, mais esforço.  Uma vez eu achei que só amar bastava. Não. Não basta, é preciso mais: muito mais.
Eu não sou preguiçosa. Nem covarde. Nem medrosa. Amar dá medo? Dá, dá sim. Mas é um medo que te faz forte. Forte e feliz. Forte e feliz e feliz mais uma vez. Tem gente que faz do amor um jogo, tem gente que faz do amor esporte, tem gente que nem respeita essa palavrinha tão usada e, por vezes, não entendida. O amor exige respeito. Ele precisa de espaço. De compreensão. Temos que entendê-lo e, infinitas vezes, dar um empurrãozinho pra ele ir pra frente.
O "ficar" está na moda e parece que muitas pessoas acham que ficar é legal, cool, interessante. Eu acho que ficar é um saco. Você sai, vê alguém do seu tipo, sente uma atraçãozinha básica, dá uns beijos, borra o batom, meleca o gloss, fala futilidades, força uns sorrisos e pensa "nossa, que panaca", reza pro panaca não te ligar no outro dia e nem precisaria rezar: ele não vai ligar mesmo. Ele só ficou com você. Voltou pra casa, dormiu e tocou a vida. Você? Também. Foi bom? Foi, você estava precisando exercitar a língua e o seu poder de sedução. É, você atrai os homens, seu poder funciona. Uau. Alguns contam: fiquei com dez em uma noite. Alguns fazem competições. Alguns acham o máximo quando chega o carnaval: vou aproveitar e passar o rodo, pegar geral. "Pegar", não existe palavra mais chula e tosca. Ontem eu saí e peguei o fulaninho. Em que lugar o mundo vai parar?
Não gosto de ter que agir de formas forçadas. E o ficar me faz ser forçada. Beijar a boca de uma pessoa que nunca vi e, talvez, nunca mais verei. Acho nojento. Sei lá o que tal pessoa fez com a boca antes. Sei lá o sobrenome da pessoa que estou beijando. Sei lá se é um psicopata. Simplesmente sei lá.

Há os que conhecem uma pessoa na noite, rola um envolvimento, beijos, amassos e sexo. No outro dia, correria: veste a roupa, corre pro banheiro, limpa o rímel que te deixou com cara de panda e dá aquele oi envergonhado, afinal, quem é esse indivíduo? Eu não consigo. Pra mim é demais. Quero acordar com cara de panda e não ter que correr pra nenhum lugar, a não ser para os braços da pessoa que está ao meu lado. Quero não ter que acordar, continuar dormindo e ganhar um beijo e um café na cama e uma flor da floreira da vizinha.
Sou da nova geração e, em contrapartida, do tempo do portão. Acho bacana aquela sedução toda, olho no olho, pegar na mãozinha, dar sorriso tímido, contar a vida devagar, falar da infância, dos sonhos, dos receios, da família, do trabalho, dos projetos. Gosto de flores, jantar romântico, surpresinhas, torpedo no meio do dia, ligação de boa noite, cartinha e por aí vai.
Duvido que ficantes e pegadinhas tenham isso. Casos são casos. Ficante é ficante. Pegada é pegada. Nada disso é amor. Amor é outra coisa. Romance é outra coisa. As pessoas confundem, se perdem, viajam. Eu já me confundi também, confusão é a sombra do ser humano.
Hoje eu percebo as coisas de uma forma mais clara: não quero complicação pra minha vida. Quero o simples. E amar, bem, amar é a coisa mais simples do mundo. Me desculpem, não quero ficante. Quero príncipe encantado. Encantado e imperfeito. Encantado, imperfeito e real. Não tem jeito, sempre vou acreditar em finais bonitos.



Ps. Eu já encontrei o ser imperfeito/perfeito, e o melhor MEU!

7 comentários:

нєllєи Cαяoliиє disse...

'E amar, bem, amar é a coisa mais simples do mundo.' mais simples,e mais significativa né?
Ahhhhh,Bá como amo seus escritos :)
Escreve com todo o coração,Parabéns!
Um beijo,Lindona*

Sam. disse...

Ah Babi... tanto amor tem nos seus textos... teu coração transborda e vc manda ver na escrita né...rsrs

Um beijo, querida!

'Lara Mello disse...

Te entendo, meu casamento dá certo com MUITA paciência, MUITO esforço.. Tanta coisa, mas no fim vale muito a pena! Sorte!

Herick disse...

sou seu, só seu... PRA SEMPRE

нєllєи Cαяoliиє disse...

Bá,Minha Flor
Selo pra ti no blog:
http://evidentesselinhosemimos.blogspot.com/2011/05/selo-especial.html
Passa lá?
Beijo

Bianka disse...

baaaaaaabi linda, o amor é bem desse jeito não é? e quem sdisse que buscamos o perfeito não é? hahaha~são os defeitos que nos encantam! todo amor do mundo para vcê.

Gabriela Freitas disse...

Que lindo Barbara, quanto amor em suas palavras! (: