quarta-feira, 18 de maio de 2011

Sobre o dia 18

Você nunca sabe ao certo em que momento o amor surge, afinal ele não sabe mandar recado. O certo é que em algum instante - cedo, tarde, demorado, longo, em seguida, curto, logo, devagar, rápido - você sente a presença dele em coisas aparentemente insignificantes, mas que viram motivos, razões, causas, efeitos, manifestações, sentidos. Na verdade o amor é uma imensidão da alma, você passa a se amar mais e aprende a se doar. É quando você lava o rosto e tira o medo, lava o corpo e renova a energia.
Então eu parei pra pensar o porquê - ou os porquês - do meu amor. São muitos, infinitos, inacabados, intocáveis, inexplicáveis, irreversíveis. São meus, são seus, são nossos.
Te amo mais a cada hora em que vejo o quanto você me faz sorrir;
A cada dia em que nos abraçamos apertado em nossa imaginação;
A cada besteira criativa que falamos;
A cada coisa bonita que você me escreve e que deixa o meu dia mais bonito e a minha vida mais bonita e o mundo mais bonito e tudo muito bonito;
A cada vez em que o seu olho fica brilhante brilhante que nem estrela no céu;
A cada vez em que esfrego minha bochecha na sua barba;
A cada vez que você me olha sorrindo; 
A cada diz em que eu espero você voltar;
A cada beijo que você me dá na testa e na bochecha e no nariz e na mão e na boca e no pescoço e...
A cada funga-funga no nariz;
A cada coisinha que vira coisona - e que são só nossas - e todas essas coisinhas coisonas que se tornam tão nossas ficamos relembrando como se estivéssemos juntos há vinte e três anos;
A cada coisa não tão coisa que nem precisamos falar porque o outro já entendeu;
Te amo mais a cada respiração e piscada de olhos que você dá, pois cada segundo e cada momento meu são transformados em felicidade instantânea;
A cada vez que a gente tá parado, no meio do silêncio, junto, mudo, de olho colado;
A cada vez que eu vejo que os seus cílios compridos são mais compridos do que eu pensava e muito mais belos que os meus - por mais que eu me esforce e passe curvex e rímel-propaganda-fajuta-que-promete-alongar-e-dar-volume-e-não-faz-é-nada;
A cada sacudida de perna irritante sua;
A cada coisa bonita e boa que eu descubro em você e a cada coisa não tão bonita e não tão boa que você me mostra ;
A cada vez que sou feita de bateria imaginária;
A cada vez que eu percebo que eu tinha uma felicidade morna. Que não tinha nem dimensão do quanto uma pessoa podia me fazer tão feliz assim. A cada instante em que me dou conta do quão bom e reconfortante é estar tranqüila, em paz e colorida;
A cada vez que eu fico pendurada em você e/ou cochilo em seu peito - e quando abro os olhos encontro aquele par de olhos brilhantes sempre atentos alertas vivos inteiros presentes;
E, principalmente, te amo mais quando eu vejo e revejo que realmente algumas coisas acontecem quando estamos distraídos. Sempre me falaram que quando é pra acontecer, acontece, e eu sempre desconfiei.
Gosto da nossa não-necessidade-de-mostrar-os-melhores-lados. Ninguém tem só lado repleto de belezas. Nós não nos escondemos, nos mostramos.
Te amo mais, também, porque você cuida dos meus medos e dá susto neles e me ajuda a mandá-los embora e porque você faz uma força pra me entender e porque você é você e isso pra mim é muito mais do que importante, é essencial.

Te amo mais ainda porque não ficamos regando aquelas coisas chatas, estressantes e bestas que acontecem nos relacionamentos. Nós conversamos sobre, nos entendemos e depois tudo acaba virando piada. Não deixamos silêncios virarem mágoas ou rancores idiotas.
Se o nosso encontro não tivesse ocorrido eu não me importaria por te procurar durante anos ou, quem sabe, até o fim da vida - ou de muitas outras (se é que elas realmente existem). Não, não são palavras tolas de gente apaixonada. São palavras apaixonadas - de gente tola?- que vêm de dentro. E o que tem dentro você sabe. Sei que sim.  



1 ano e 7 meses *-*


                                       

12 comentários:

нєllєи Cαяoliиє disse...

Ahhh,que Lindoo Post Bá!
Meus parabéns e que muitos e muitos anos venham :)
Beijo grande*

: disse...

lindo, bela homenagem, parabéns .. aah, teste lá .. http://amandabaracho.blogspot.com/

Gabriela Freitas disse...

Own, quanto amor hein garota? Que lindo isso aí dentro! *-*
"Não, não são palavras tolas de gente apaixonada. São palavras apaixonadas - de gente tola?- que vêm de dentro. E o que tem dentro você sabe. Sei que sim." Vai para as minhas frases prediletas! (:

Bianka disse...

pra que tentar definir tal amor, você sabe, ele sente, e isso é tudo.

-Franci Lopes disse...

Owwn Baarbara que liindo';! *-* muiitos maais meses e anos juntos,'!

'Lara Mello disse...

Lindo o texto! E parabéns pelos meses e que tenha muitos anos! :)

' nicolle , ∞ disse...

' que lindo, *o* muitas felicidades, (yn)
tem enquete no meu blog, :} passa lá ? :D bom FDS ! *o*

http://nicollesartori.blogspot.com
segue tbm ?

M.Baiana.C disse...

Que apaixonante. Não conheço vcs pessoalmente,, mas sempre acompanho seu blog e sinto que o amor de vcs é tão verdadeiro, tão bonito. Poucas pessoas são assim.

Feliz aniversário de namoro.. hehe

Boa noite

Victoria Lopez disse...

Oii floor,texto incrivel,ameiiii......é um amor mt sincero,parabeens,e felicidades sempre a voce..

Buba. disse...

Incrivelmente lindo! Me deu vontade de ter um amor também. Quer dizer, sempre tenho, haha, mas do jeitinho de vocês dois! Felicidades enormes pra vocês, porque se só pelas suas palavras eu já me senti bem, imagino a energia que você passam, juntos.

marianapereira disse...

está tão lindo bárbara, até dá gosto vir cá e ler estas coisas tão verdadeiras e sinceras *.*
pois, eu sei que sim, mas ultimamente nem estou para falar nem para ouvir *

Martinha disse...

Que lindas palavras! Realmente não sabemos quando o amor nos bate à porta. Muitas vezes é quando menos esperamos. :P