sábado, 9 de julho de 2011

Ele pode estar olhando as suas fotos . Neste exato momento . Porque não ? Passou-se muito tempo . Detalhes se perderam . E daí ? Pode ser que ele faça todas as coisas que você faz . Escondida . Sem deixar rastro nem pistas . Talvez ele faça aquela cara de dengoso e sinta saudade do quanto você gostava disso. Ou percorra trajetos que eram seus, na tentativa de não deixar que você se disperse das lembranças . As boas . Por escolha ou fatalidade, pouco importa, ele pode pensar em você .Todos os dias . E ainda assim preferir o silêncio . Ele pode reler seus bilhetes, procurar o seu cheiro em outros cheiros . Ele pode ouvir as suas músicas, procurar a sua voz em outras vozes . Quem nos faz falta acerta o coração como um vento súbito que entra pela janela aberta . Não há escape . Talvez ele perceba que você faz falta . E diferença . De alguma forma, numa noite fria . Você não sabe . Ele pode ser o cara com quem passará aquele tão sonhado inverno em Paris . Talvez ele volte . Você confia nele?
CFA


6 comentários:

Martinha disse...

Gostei muito destas palavras. É mesmo verdade: quem nos faz falta toca sempre o nosso coração, fá-lo dar-nos sinais disso. :)

marianapereira disse...

estas palavras ... meu deus, tão bonitas e tão verdadeiras!

-Franci Lopes disse...

cm sempre postagens peerfeiitas.'! *-*

'Lara Mello disse...

O Caio que sabia das coisas! Achei muito bom esse texto! :*

Luna Sanchez disse...

Amo esse fragmento do Caio mas hoje, especialmente hoje, não consegui passar da segunda linha, flor.

=(

Beijo, beijo.

M.Baiana.C disse...

Sempre vem o Caio com essas coisas tão maravilhosas.

Beijos