terça-feira, 24 de maio de 2011

Sobre o passado e o futuro.

Quando eu era pequena, via meu pai beber e bater na minha mãe, e nós saiamos de casa, ela com o rosto sangrando, e eu sem entender muita coisa, íamos pra casa da mãe dele, minha avó, e passávamos a noite por lá. Depois de certo tempo começamos a frequentar uma igreja e as coisas tinham mudado. Meu pai parou de beber e de bater na minha mãe e nós enfim convivíamos bem. Certo? Errado. Depois de alguns anos de igreja, uns 8 eu diria, meu pai encheu o saco e resolveu sair, continuou a beber mas não batia mais na minha mãe, eram outros tempos não é? Mesmo assim dava pra conciliar e tudo entrava no eixo. Até eu descobrir que ele tinha um caso e ela estava grávida. É posso dizer que até ai, depois disso, tudo desabou, incluindo meu pai, minha mãe e minha família. Meu pai saiu de casa e eu entrei na fase rebelde da vida, por volta dos meus 14 anos, sentia o peso da separação deles em minhas costas, me sentia culpada em ver a minha mãe chorando pela madrugada e me rebelei contra todos, até comigo mesma. Depois de uns 6 meses eles resolveram tentar novamente e meu pai voltou pra casa. Posso dizer que voltamos a ser uma família feliz? Talvez, se não fosse pelo fato de 3 anos depois eu ter descoberto, mais uma vez, que a mesma mulher do começo do texto teve mais um filho com ele, dessa vez, um menino. E maaais uma vez, minha mãe não conseguiu sustentar a base, apesar do meu pai não ter saído de casa eles eram dois estranhos e eu e meu irmão éramos a única ponte de comunicação entre os dois. Depois de uns 5 meses minha mãe perdoou e tentamos voltar ao normal. Tentamos. Não sei dizer ao certo quanto tempo, talvez uns 4 anos, até, 10 meses atrás eu descobrir que meu pai tinha outra, e mais uma vez, tudo desmoronar. Só que agora, nós que saímos de casa e alugamos um Apê, nada de luxo, algo que cabe apenas nós 2 e uma 3 pessoa apenas pra visitas. Meu pai virou um homem solitário e triste, quem me conhece bem, sabe como era minha relação com ele e como ele era o meu xodó, depois dessa última separação nós brigamos e eu disse coisas horríveis à ele na frente de toda a família, em troca recebi um bofete na cara, mas tenho certeza que minhas palavras doeram muito mais. Hoje eles resolveram voltar, e eu e minha mãe vamos nos mudar novamente, agora ele vai junto. Nós com a esperança de termos uma família feliz, ele com a chance






7 comentários:

Andressa disse...

Nossa que história forte.
Bonito valor de amor. Muito lindo mesmo!
Parabéns pela família minha flor! ♥

marianapereira disse...

que história complicada :s
desejo-te muita força e coragem, espero que desta vez corra bem, de vez!
muita força (:

Verinha disse...

foto de familia encantadora :)

Bianka disse...

e que agora, se Deus quiser, tudo se acerte. Você merece muita felicidade flor!

Martinha disse...

Se Deus quiser, será esta a vez em que tudo correrá bem e tudo ficará bem nessa história com alguns altos e baixos. :)

Gabriela Freitas disse...

Que historia hein. Quem ama sempre perdoa não é mesmo? E que de tudo certo agora.

'Lara Mello disse...

Achei legal você abrir sua vida assim, acho legal por para fora.. Mas dá um desconto para sua mãe, ela só estar tentando ser feliz com o homem que ela ama.. Você tem que tá do lado dela, para o MELHOR ou PIOR! Se cuida! :)